Poesia do olhar - 15


Corrida pós rabanada
Venha o vento
De sul
Venha até a nortada
Hoje nada
Mas nada me vai fazer parar
Há dois quilos ou três
Para eliminar

Share:

0 comentários