Poesia do olhar - 14 de Fevereiro (2)


O que o fazia apaixonar-se pela cidade a cada dia eram os momentos em que sentia que a avenida se fechara para ele e para os que ele conhecia. Cumprimentava, acenava às miúdas que passavam a correr junto ao mar. 

Share:

0 comentários