Sugestão de leitura (22 de Fevereiro)


Com o dia de amanhã (23) chega às livrarias a Odisseia de Homero - tradução revista, anotada e comentada por Frederico Lourenço. 15 anos depois da sua primeira tradução do seu poema homérico preferido, Frederico Lourenço revisita a Odisseia com uma linguagem simples e límpida, com o intuito de dar protagonismo a esta obra poética que tem capacidade de encantar, onde a fantasia e a vida real se cruzam e sobrepõem - e, ainda, de destacar a importância do ensino do grego em Portugal e evitar o seu desaparecimento. 

Sinopse: Composta talvez no século VII antes de Cristo, por um poeta que conhecia bem a Iliada, a Odisseia dá-nos a ler poesia que, alheia ao tempo, retém ainda hoje toda a sua capacidade de encantar. A história narrada transporta-nos para um mundo de viagens, aventuras, lágrimas e alegrias, um mundo de cores brilhantes, como um fresco pictórico onde a fantasia e a vida real se cruzam e sobrepõem. Ao mesmo tempo, esta obra-prima poética levanta também muitas interrogações a historiadores, geógrafos e linguistas - questões abordadas por Frederico Lourenço nas abundantes notas que acompanham a sua tradução. 

Sobre o autor: Nasceu em Lisboa em 1963 e é atualmente associado com agregação da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e membro do Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos da mesma instituição. Foi docente entre 89 e 2009 da Universidade de Lisboa. 

Género: Poesia / Literatura
Formato: 15 x 23,5 cm
Nº de páginas: 688
PVP: 24.40€ 

Share:

0 comentários