Sugestão de leitura - 14 de Março , 1


Na sequência do livro Sr. Mercedes, e dando continuidade ao mesmo trio de heróis improváveis apresentados naquela obra, Stephen King criou "Perdido e achado" - um thriller arrepiante sobre um leitor com uma obsessão por um escritor. Em Misery, um dos livros mais marcantes de Stephen King, o autor já explora esta relação ao apresentar uma história em que um escritor se vê obrigado a escrever um novo livro, sob tortura de uma ex-enfermeira fanática que não se conforma com a morte ficcional da protagonista de romances cor-de-rosa.

Nesta nova obra, Stephen King volta a abordar a dinâmica entre autores famosos e os seus fãs, mas com maior profundidade e reflexão.

Sinopse:

1978: Morris Bellamy está tão obcecado por John Rothstein, um icónico autor norte-americano, que era capaz de matar para conseguir um livro inédito do escritor.
2009: Pete Saubers, um rapaz cujo pai foi brutalmente ferido por um Mercedes roubado, descobre uma mala cheia de dinheiro e os cadernos de Rothstein.
2014: Depois de trinta e cinco anos na prisão, Morris sai em liberdade condicional. E está determinado a recuperar o tesouro. Cabe agora a Bill Hodges, detetive reformado que gere uma empresa de investigação chamada Finders Keepers, salva Pete de um Morris cada vez mais desvairado e com sede de vingança.

INFO sobre o livro:
Género - Thriller
Tradução - Ana Lourenço
Formato - 15 x 23,5 cm
Nº de páginas - 392
PVP - 18,80€
Data de lançamento - 9 de Março 

Share:

0 comentários